Por Equipe Pegcar - 29/05/2017

Se você conhece o Pegcar provavelmente já está familiarizado com o tema da economia compartilhada. A valorização do acesso a um bem em detrimento da sua posse já não é uma novidade. Tampouco é inédita a ideia da experiência do compartilhamento e do benefício de ambas as partes envolvidas nessa dinâmica. Contudo, essa nova lógica de consumo permeada por uma mentalidade que se baseia no desapego dos bens materiais não está se concretizando apenas através do car sharing.

Atualmente já existem plataformas que partem do mesmo conceito e permitem o acesso a todos os tipos de itens através do aluguel de objetos entre pessoas.

Como funciona o aluguel de objetos entre pessoas

Foto / Divulgação

O aluguel de objetos entre pessoas parte exatamente mesmo princípio de subutilização de recursos. Afinal, não faz todo o sentido adotar a mesma lógica para outras situações da nossa vida, estendendo a prática para todos os outros itens, bens e objetos que usamos no dia a dia?

É justamente essa a ideia da economia compartilhada, que atualmente já é uma realidade no país. Pelo menos 20% da população já participa – e se beneficia – dessa dinâmica de diferentes formas. Esse fenômeno econômico incentiva a troca e o compartilhamento em vez do consumismo exacerbado, herdado da era industrial. E, como você pode notar, não é só questão de escassez de recursos e consciência com o meio ambiente: é simplesmente mais vantajoso!

Vamos pensar em um exemplo prático: você está revendo a decoração da sua casa e decidiu pregar alguns quadros na parede. No entanto, você não tem uma furadeira para realizar a tarefa. Você tenta, então, conseguir emprestado com um parente ou amigo, mas eles não podem ajudar. Pode ser porque, como você, eles não possuem o item, ou simplesmente porque o empréstimo acaba se perdendo no meio da correria da rotina de ambos e no fim você nunca consegue pegar a tal da furadeira.

Para não se enrolar ainda mais, você vai até uma loja e gasta cerca de R$ 300 comprando o produto para resolver o seu problema. MAS (maiúsculo mesmo!), você pendura os quadros na parede e depois disso nunca mais usa a furadeira! Parece óbvio que, na verdade, você não precisava possuir uma furadeira toda sua, você só precisava ter acesso a ela durante algumas horinhas para fazer uns “míseros” furos na parede.

Você precisa do furo ou da furadeira?

Pois é! Quantas coisas você adquire para usos pontuais e acaba utilizando tão pouco a ponto delas ficarem esquecidas no fundo do armário? Que tal começar a comprar apenas o realmente necessário, alugar objetos de outras pessoas quando você precisar deles e disponibilizar os seus itens subutilizados e ainda ganhar um dinheirinho com eles?

Leia mais: e-book Renda Extra e Economia Compartilhada –>

Allugator: Encontre tudo o que precisa e ganhe dinheiro com o que não usa

O Allugator anuncia seus objetos e você faz uma grana extra com eles

Quantas vezes em um ano você utiliza uma furadeira, uma barraca ou uma câmera GoPro? Se fosse para adquiri-los, esses três itens custariam certamente mais de R$ 1 mil. No Allugator, plataforma que permite o compartilhamento de produtos, eles podem ser alugados por menos de R$ 17 por dia.

No Brasil, já é possível entrar na onda do aluguel de objetos entre pessoas de maneira prática e segura. Milhares de usuários já estão cadastrados em plataformas como a Allugator. No site, você pode anunciar o que quiser alugar, além de encontrar todo o tipo de produtos. O pagamento é feito pela própria plataforma e todas as transações são garantidas pela empresa. Isso significa que você não precisa se preocupar com qualquer eventual dano. Além disso, a própria rede de participantes cuida da segurança do processo: até hoje nunca houve nenhum problema em  aluguéis realizado através do site.

Diárias de eletrônicos a partir de R$10

A matemática aqui é simples e clara, não é mesmo? Acrescente à economia a possibilidade de disponibilizar todas as coisas paradas na sua casa que poderiam estar gerando aquela renda extra sempre bem vinda para viajar no feriado, tirar férias ou realizar os seus projetos. Na prática, os sistemas de aluguel de itens compartilhados permitem que você encontre tudo o que precisa e ganhe dinheiro com o que não usa.

E você, já aderiu a essa nova e inteligente forma de consumir? Quando precisar de qualquer coisa, antes de comprar dá uma olhadinha no Allugator: os leitores do blog do Pegcar tem 10% de desconto clicando neste link. Alluga lá! 🙂

Por Cadu Guerra, CEO e fundador do Allugator

Equipe Pegcar

O Pegcar é uma plataforma que possibilita o aluguel de carros entre pessoas. Tem um carro que passa um tempo parado? Faça o cadastro para aluga-lo nas horas vagas e garantir uma renda extra, com segurança e sem dor de cabeça! Precisa de um carro? Confira os carros disponíveis perto de você e solicite pelo site sem burocracia! Saiba mais em pegcar.com