Por Equipe Pegcar - 09/08/2017

Está afim de curtir a paisagem e as delícias do interior mineiro sem precisar se distanciar muito de São Paulo? Que tal curtir um fim de semana ou um feriadão em Bueno Brandão? O vilarejo fica na divisa entre Minas Gerais e o Estado paulista e é popularmente conhecido como “cidade das cachoeiras”. Além da natureza, quem visita o local também encontra o charme, a hospitalidade e as iguarias típicas mineiras.

Não é a primeira vez que o #PegcarNaEstrada passa pela Serra da Mantiqueira: já falamos sobre a beleza e as particularidades de São Francisco Xavier (SP) e Gonçalves (MG). Agora fazemos uma parada especial em Bueno Brandão. Já adiantamos que, embora menos conhecida, com certeza a cidade não deixará a desejar se você a escolher como destino para a sua próxima viagem de carro!

Bueno Brandão: gostinho de interior de Minas

Viajando apenas 180 km desde São Paulo e passando por Socorro, você chega a Bueno Brandão. O encantamento com o destino já começa durante a viagem. A paisagem bucólica já dá o tom do passeio, trazendo a paz necessária para quem pretende se desligar um pouco do caos urbano.

Sombra e água fresca em Bueno Brandão (Imagem: buenobrandaoroteiros.com.br)

Tomado pelos ares sossegados do interior e ainda inebriado pela mudança repentina de clima, qual não será a sua surpresa ao avistar, incrustada sobre uma colina e rodeado por araucárias, um simpático povoado? A cidade do sul de Minas fica a 1.200 m de altitude e tem cerca de 10 mil habitantes, de acordo com o censo do IBGE realizado em 2010. Ela é pequena, mas bem estruturada e conta com agências bancárias, restaurantes e pousadas. E, é claro, tem toda a simplicidade e o encanto esperados de uma cidadezinha mineira.

Antigamente, quando ainda era um vilarejo, Bueno Brandão se chamava Campo Místico. Segundo a história oficial, o nome foi dado por um frei em função da beleza da região. Porém, diz a lenda que na verdade ele faz referência a luzes misteriosas avistadas no fundo dos vales. E, como em cidade pequena, passado e presente muitas vezes se confundem, é possível que você escute algum morador ainda chamar a cidade de “Campo Místico”. Mas era mesmo de se esperar uma coisa dessas em lugar onde uma das vias principais leva o nome de “Rua da Saudade”, não é mesmo?

Natureza generosa na “cidade das cachoeiras”

Cachoeira Santa Rita, uma das mais de 30 da região (Imagem: buenobrandaoroteiros.com.br)

Contudo, os habitantes do município são saudosistas, mas não são melancólicos. Afinal, as riquezas mais importantes do local são bastante preservadas – e eles ainda acordam ao som dos passarinhos e respiram o ar puro da serra. A natureza é, sem dúvidas, aquela que dá o tom da visita. Montanhas, vales, mata nativa, águas cristalinas e cachoeiras. Muitas cachoeiras! Não é por acaso que Bueno Brandão recebeu o título popular de “cidade das cachoeiras”: são 33 quedas d’água no total.

A nossa dica é fazer um verdadeiro tour para dar uma bela rodada pela região e conhecer o maior número possível de cachoeiras. Em uma parte delas, o acesso é fácil, sendo possível se aproximar de carro e depois caminhar muito pouco. Em outras, porém, é preciso fazer trilhas de dificuldade média. As cachoeiras que possuem um acesso mais facilitado são as mais conhecidas e possuem uma estrutura maior. Aquelas mais “escondidas” são mais preservadas e menos frequentadas.

A mais visitada é a Cachoeira do Luiz, uma das maiores da região com 25 metros de altura. Ela fica localizada a aproximadamente 15 km do vilarejo e nos arredores há uma boa estrutura de lazer com várias opções de atividades, como arvorismo e tirolesa. Na mesma zona, está a Cachoeira de Santa Teresinha, na qual há uma prainha onde é possível nadar.

Vale a pena um conhecer também a Cachoeira do Davi  (Imagem: buenobrandaoroteiros.com.br)

A Cachoeira do Félix também é muito bonita e tem até uma escadaria para facilitar o acesso à água e um barzinho para quem precisar matar a sede ou a fome depois do banho. Para quem for até a Cachoeira do Sossego, não deixe de visitar a árvore centenária que parece uma caverna. Ela fica no Camping do Sossego, a cerca de 4 km do centro.

Se você curtir uma vibe mais “roots” e selvagem, vale tentar conhecer as cachoeiras menos famosas e mais intocadas – como a Cachoeira Cascavel, a Cachoeira dos Ciganos e as Cachoeiras do Sertãozinho.

Além de conhecer as cachoeiras, em Bueno Brandão também é possível fazer trilhas até alguns picos. O Pico das Torres é o mais alto da região com 1.800 metros. A caminhada é bastante íngreme e leva cerca de 40 minutos, mas a vista lindíssima da região lá de cima compensa qualquer esforço.

Na cidade, também há programas para quem gosta de outro tipo de adrenalina. Além das tirolesas sobre as quedas d’água, em alguns locais pode-se fazer rapel e canyoning.

Delícias mineiras não podem faltar

Queijo mineiro é atração à parte  (Imagem: Laticínio Serra das Antas)

Mas quem vai para o interior de Minas, não costuma procurar só por beleza, tranquilidade, natureza e aventura, não é mesmo? As delícias típicas não podem faltar em uma visita a uma cidadezinha interiorana – ainda mais mineira. Pois Bueno Brandão também não decepciona nesse sentido, pelo contrário: você vai provar comidas, vinhos, queijos e cafés maravilhosos e ainda pode levar um pouquinho dessas iguarias com você.

Se gosta de vinhos, licores e cachaças, aconselhamos uma passadinha no Uva e Vinho Fidêncio. No local, é possível degustar bebidas de produção artesanal e o famoso “whisky mineiro”. Para os amantes de queijos, a melhor dica é uma visita ao Laticínio Serra das Antas. Você pode conhecer a produção de queijos de cabra e comprar produtos de altíssima qualidade por preços bem mais baratos do que encontra em São Paulo.

Propriedade onde é cultivado o Café Campo Místico (Imagem: Café Campo Místico)

Além disso, outro produção que está em alta em Bueno Brandão nos últimos tempos também é a de café. O Café Campo Místico produz café arábica de montanha com torra artesanal. Dá para agendar uma visita guiada ao local e garantir um café especial para levar para casa.

Para provar algumas especialidades culinárias durante a estadia na cidade, você pode conferir a Toca da Polenta e comer uma saborosa polenta cremosa feita no fogão a lenha com várias opções de molho. Já a Cantina Pizza na Pedra serve apetitosas pizzas crocantes e sobremesas italianas maravilhosas.

Hospedagem para todos os gostos

Bueno Brandão é pequena e interiorana, mas, além de ter a opção de ficar em campings, o visitante pode se hospedar em uma das charmosas pousadas da cidade. A Pousada Chave do Céu, localizada na zona rural, é simples e estilosa e serve um café da manhã que é um verdadeiro banquete da roça.

Pousada Chave do Céu imersa na linda paisagem da região (Imagem: Chave do Céu)

Já o recém inaugurado Hotel Fazenda Terra dos Sonhos é mais “modernoso” e oferece uma grande estrutura com diversas atrações para os hóspedes. Os aconchegantes quartos ficam dentro de containers e o hotel faz pacotes com todas as refeições e várias atividades incluídas.

Daqueles lugares para se conhecer de carro

Por ser no meio da Serra da Mantiqueira e no interior mineiro, Bueno Brandão é daqueles destinos para se ir motorizado. O carro é fundamental não apenas para chegar até lá, mas também para acessar os pontos de interesse, as atrações e até o local de hospedagem, já que vários ficam na zona rural do município.

Então, que tal escolher a data e alugar um carro  para conhecer as cachoeiras e comer comida típica em Minas?

Quer receber outras dicas de destinos interessantes para as suas viagens de carro? Então cadastre-se na nossa newsletter no menu lateral ou no rodapé desta página e receba as novidades do blog do Pegcar!

Equipe Pegcar

O Pegcar é uma plataforma que possibilita o aluguel de carros entre pessoas. Tem um carro que passa um tempo parado? Faça o cadastro para aluga-lo nas horas vagas e garantir uma renda extra, com segurança e sem dor de cabeça! Precisa de um carro? Confira os carros disponíveis perto de você e solicite pelo site sem burocracia! Saiba mais em pegcar.com